Motocicleta adulterada é recuperada e indivíduo preso por receptação

Na manhã desta segunda-feira, 08/07, uma equipe de investigação da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão aos Furtos e Roubos de Veículos), durante monitoramento de redes sociais, visualizou anúncio de motocicleta possivelmente produto de crime.

Os policiais civis foram até a casa do vendedor, no Bairro Jardim Noroeste, em Campo Grande-MS, e constataram indícios de adulteração no chassi e no bloco do motor, além da placa falsa (sem leitura de QR Code).

O vendedor, M.S.B, de 22 anos, apresentou todos os dados de quem havia adquirido a motocicleta, negando ter realizado qualquer adulteração. Relatou que comprou o veículo acreditando se tratar de “bob” (com débitos administrativos), tendo inclusive realizado checagens da placa, que, no caso, era clonada.

Diante disso, o vendedor foi autuado por receptação culposa e as investigações prosseguem com o intuito de identificar o responsável pelas adulterações dos sinais identificadores. Após exame pericial de identificação veicular, será dada a devida destinação à motocicleta apreendida.