Três são indiciados pelo furto de mais de 100 cabeças de gado em MS

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Nova Andradina identificou e indiciou, na quarta-feira (3/7), três homens que estariam envolvidos na prática de abigeato (furto de gado), em área rural, na região limítrofe de Nova Andradina. A vítima teria procurado a Delegacia de Polícia para comunicar o desaparecimento de mais de cem cabeças de gado de sua propriedade rural.

Após tomar conhecimento dos fatos, uma equipe da Seção de Investigações Gerais (SIG) iniciou as apurações e conseguiu identificar como autores, três indivíduos do sexo masculino, de 28, 43 e 56 anos de idade.

O grupo embarcava o gado subtraído no interior da propriedade rural e com a utilização de veículo boiadeiro fretado levava os animais para outra fazenda arrendada por um dos investigados, até que fosse abatido em frigorífico da região. Em sede policial, os investigados confessaram a prática delituosa.

Estima-se que o grupo tenha obtido lucro superior a R$ 400 mil, com a venda do gado furtado. A Polícia Civil segue em investigação, para identificação de todos os envolvidos e e completa elucidação das circunstâncias dos fatos.