Polícia Civil prende casal de traficante em Terenos

Durante operação conjunta realizada pela DENAR (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) e DEAIJ (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude), a Polícia Civil prendeu um homem de 28 anos e uma mulher de 25 anos, por tráfico de drogas. O casal foi preso nesta quarta-feira, 03/07, em Terenos-MS.
Segundo apurado, as duas unidades policiais foram até o município para dar cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara Única daquela Comarca. Num dos endereços, localizados no Bairro Demétria Veiga, os policiais civis surpreenderam V.G.N. (28) e L.M.S.L. (25), na posse de drogas e arma de fogo, em desacordo com determinação legal ou regulamentar, além de petrechos relacionados ao fracionamento de entorpecentes para fins comerciais.
V.G.N. tentou impedir a entrada dos policiais no imóvel e, ao perceber que não teria sucesso, tentou fugir a pé empunhando uma arma de fogo. Ao investir contra os policiais, o autor foi alvejado por um disparo de arma de fogo, sendo socorrido e não corre risco de morte. Já L.M.S.L., por sua vez, foi detida ainda no quarto do imóvel.
Em cima da bancada da cozinha foram localizados: um prato contendo uma porção de cocaína (600 g) ao lado de uma balança de precisão, uma colher e uma faca com resquícios da droga, além de meio tablete de maconha (1 kg). Outros petrechos tipicamente utilizados para o porcionamento de drogas para fins comerciais, como sacolas plásticas, tesoura, fita adesiva, em meio a resquícios de maconha, também foram apreendidos.
Ao ser questionada, L.M.S.L. negou envolvimento com o tráfico de drogas, alegando ter sido esta a primeira vez em que teria ido à residência de V.G.N., com quem estaria se relacionando há pouco tempo. Ela negou, também, ter conhecimento de que tinha droga e arma de fogo no local, embora tudo estivesse à vista, pondo em dúvida suas alegações.
Enquanto isto, no posto de saúde de Terenos, pessoas que não quiseram se identificar por medo de represálias confidenciaram que V.G.N. também vendia drogas na conveniência dele, localizada no Residencial Leandro Correa de Oliveira, naquela cidade. Os policiais foram até o local, e encontraram mais três porções de maconha, uma porção de cocaína e uma balança de precisão.
Diante disso, os envolvidos receberam voz de prisão e o flagrante foi feito na sede da DENAR.
Serviço – Denúncias sobre tráfico de drogas podem ser encaminhadas para os números: (67) 99995-6105 (WhatsApp) ou (67) 3345-0000.