Plano Safra: Mato Grosso do Sul pode ampliar cadeia produtiva

O Plano Safra 24/25 para o agro empresarial neste ano terá recursos na ordem de R$ 400,59 bilhões, para apoiar o setor, oferecendo linhas de crédito, incentivos e políticas agrícolas para os produtores rurais. É um aumento de 10% em comparação ao anterior, tornando-se o maior da história.

Esse panorama regional foi destacado pelo governador Eduardo Riedel (PSDB) nesta tarde de quarta-feira (3) em Brasília (DF). Riedel foi um dos convidados por causa da vocação sul-mato-grossense para os agronegócios, sendo atualmente o Estado um dos que mais se desenvolvem.

Bruno Chaves/Secom

Plano Safra: Mato Grosso do Sul pode ampliar cadeia produtiva

Plano Safra: recursos do agro apoiam industrialização de MS e ampliação da cadeia produtiva

“O Plano Safra anunciado é importante para o Mato Grosso do Sul, que tem a base no agro e uma comunidade extremamente vigorosa, que ajuda muito no desenvolvimento estadual. Esse plano é um dos instrumentos que fazem com que continuemos nessa trajetória de crescimento”, explica o governador.

Entre os setores do agronegócio que se destacam atualmente em Mato Grosso do Sul, com o desenvolvimento de uma cadeia produtiva avançada, indo desde a atividade primária até as indústrias – o que agrega valor aos produtos que são exportados -, está a cadeia do papel e a celulose, a cadeia das carnes (bovina, suína, avícola) e a agricultura de grãos (etanol de milho, processamento de soja com óleos, farelo, derivados).

Ao todo, foram anunciados R$ 479 bilhões em crédito para atender desde pequenos produtores, como agricultores familiares, indígenas e quilombolas, até os médio e grandes produtores. O volume de investimento é considerado robusto diante da atual situação do agronegócio.

Valter Campanato/Agência Brasil

Plano Safra: Mato Grosso do Sul pode ampliar cadeia produtiva

Brasília (DF), 03/07/2024 – Presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante cerimônia de lançamento do Plano Safra 2024/2025

Balanço

Até maio deste ano, Mato Grosso do Sul somou pouco mais de R$ 32 bilhões de recursos obtidos a partir do Plano Safra 2023/2024. Foram 48,64 mil contratos firmados, sendo 42,5 mil deles firmados com os produtores de médio e grande porte – somando R$ 31,58 bilhões.

Já outros 8,35 mil contratos foram de crédito para agricultura familiar, do Pronaf, chegando a R$ 435,47 milhões. Atualmente, 71 mil famílias estão inseridas na agricultura familiar em Mato Grosso do Sul. A importância dessa modalidade de produção se mostra no fornecimento de alimentos para a educação pública estadual: 40% advém dela.