Preços das passagens aéreas acumulam queda de 10,7% desde 2023

Com destinos turísticos paradisíacos e a redução gradual no valor das passagens aéreas, voar pelo Brasil é uma possibilidade cada vez mais concreta. A queda acumulada do valor do bilhete desde janeiro de 2023 foi de 10,7%, segundo informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O menor preço das passagens aéreas ajuda a impulsionar o turismo pelo país.

Os dados da Agência indicam que a tarifa aérea média dos primeiros cinco meses do ano (R$ 584) foi 2,4% menor que os preços médios praticados em 2023 (R$ 598). Por sua vez, o valor foi 8,6% menor que o preço médio praticado no mesmo período de 2022 (R$ 653). Em maio de 2024, a tarifa média foi de R$ 534, uma redução de 4% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

O ministro do Turismo, Celso Sabino, comemorou os dados e destacou que os preços dos bilhetes aéreos podem ser ainda mais baratos. “O viajante que se planeja, que compra com pelo menos cinco meses de antecedência suas passagens, pode garantir valores muito mais atrativos. Em diversos trechos é possível encontrar tickets aéreos por menos de 200 reais. Isso dá mais oportunidade para todos conhecerem o nosso Brasil”, afirmou.

IMPACTOS – E os resultados positivos já começaram a aparecer. A redução dos preços das passagens em voos comerciais resultou em um aumento de 37% nas viagens corporativas no Brasil durante o mês de maio deste ano. É o que aponta o levantamento feito pela agência de viagens corporativas digital Voll. A empresa analisou a movimentação de mais de 700 mil usuários em sua plataforma.

Ainda de acordo com a pesquisa, os 10 principais destinos nacionais para viagens a trabalho, como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, apresentaram queda no ticket médio dos bilhetes aéreos no quinto mês do ano. Enquanto em 2023 o valor encontrado para esses destinos girava em torno de R$ 850 em maio, neste ano, os preços caíram para o mesmo período, podendo ser encontradas passagens por R$ 789, uma redução de 11%.

FAÇA SUAS MALAS – O Brasil é cheio de lugares e destinos incríveis para visitar e o Ministério do Turismo atua para incentivar o brasileiro a viajar mais pelo país. Uma das ações é o “Conheça o Brasil: Voando”, parceria junto ao Ministério de Portos e Aeroportos, à Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) e às principais companhias do setor. O programa envolve a oferta de “stopover”, a adesivagem de aviões com imagens de destinos nacionais e a divulgação de áudios nos aviões, estimulando visitas a atrativos do país.

Já o “Conheça o Brasil: Realiza” permite o acesso de correntistas do Banco do Brasil a uma linha de crédito voltada à aquisição de serviços turísticos, a partir de condições diferenciadas. O trabalho do MTur também engloba o “Conheça o Brasil: Cívico”. A iniciativa, que motiva estudantes, professores e pesquisadores a visitarem destinos conectados à história brasileira, tem um projeto-piloto desenvolvido em Brasília (DF) e cidades do entorno da capital federal.