Farejadores encontram pasta base escondida em caixas que seriam despachadas para GO

Nesta terça-feira (25), a Receita Federal apreendeu 17 quilos de pasta base de cocaína, avaliados em R$ 2 milhões, em Campo Grande. A apreensão foi efetuada pela equipe de repressão na Capital, com ajuda dos cães de faro Yanko e Iceberg.

Essa é a segunda apreensão de droga feita pela Receita Federal no período de sete dias em transportadoras na Capital.

No dia 18, foram apreendidos 5,8 kg de skunk, a “supermaconha”, ocultos em urso de pelúcia e máquina de secar roupas.

Já na fiscalização desta terça-feira, que resultou na apreensão de pasta base de cocaína, o produto estava escondido em fundo falso de duas caixas de madeira com carcaças de motores de veículos, distribuídos em 16 pacotes com média de 1 kg cada.

A droga foi embarcada em uma transportadora idônea em Corumbá e tinha como destino o município de Senador Canedo, em Goiás.

Após concluir o processo de apreensão, a Receita Federal encaminhará os pacotes com a substância para a Polícia Civil em Campo Grande.