MS atinge recorde com 1,43 milhão de pessoas trabalhando

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), realizada pelo IBGE e divulgada nesta sexta-feira (21/06/2024), revela que o Mato Grosso do Sul atingiu um marco histórico no mercado de trabalho em 2023. O estado registrou o maior número de pessoas ocupadas da série histórica, com um total de 1,43 milhão de pessoas.

Aumento de 6,3% em relação ao período pré-pandemia (2019), quando 1,35 milhão de pessoas estavam ocupadas. Crescimento de 1,2% em comparação com 2022, quando a população ocupada era de 1,41 milhão de pessoas.

Os dados da PNAD indicam um crescimento positivo no mercado de trabalho de Mato Grosso do Sul, com aumento na população ocupada e diversificação das áreas de atuação. No entanto, alguns setores tradicionais, como o agrícola e o de serviços domésticos, apresentam queda na representatividade.

Distribuição por nível de instrução:

  • 23,7% das pessoas ocupadas possuem ensino superior completo.
  • 38,6% possuem ensino médio completo.
  • 15% possuem ensino fundamental completo e médio incompleto.
  • 22,7% estão sem instrução ou com ensino fundamental incompleto.

Mudanças na força de trabalho:

  • Setor Agrícola: Desde 2012, vem perdendo participação na força de trabalho, com sua representatividade caindo de 12% para 9,7% em 2023.
  • Serviços Domésticos: Outro setor que recuou foi o de serviços domésticos, passando de 8,1% em 2012 para 6,6% em 2023.