Consulta ao 2° lote de restituições abre na sexta-feira e 90 mil de MS serão beneficiados

A Receita Federal abre na sexta-feira (21) a partir das 9h (horário de MS), consulta ao segundo lote de restituição do IRPF 2024. Em Mato Grosso do Sul, serão liberadas restituições a 90.574 contribuintes, no valor total de R$ 133 milhões.

A restituição será depositada em conta bancária informada pelo contribuinte no momento da declaração do Imposto de Renda. O pagamento cai no dia 28 de junho, para grupos prioritários, pessoas em fila de restituição e lotes residuais de exercícios anteriores.

Ainda, em razão do estado de calamidade decretado no Rio Grande do Sul (RS), foi dado prioridade na formação desse lote aos contribuintes domiciliados no estado. Somente no RS serão restituídas 330.736 declarações, incluindo exercícios anteriores.

Como consultar

Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet (www.gov.br/receitafederal), clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”. A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou uma consulta completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC. Se identificar alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificar a declaração, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

O pagamento da restituição é realizado na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda, de forma direta ou por indicação de chave PIX. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até 1 (um) ano no Banco do Brasil. Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de 1 (um) ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.