Proteínas avícola e suína registram valorização em junho

As proteínas avícola e suína, ambas negociadas no mercado atacadista da Grande São Paulo, vêm registrando valorizações nesta parcial de junho.

Os avanços nos preços da carne suína se destacam. Já no caso da proteína bovina, os valores apresentam queda de maio para junho. Diante disso, a competitividade da carne de frango tem crescido frente à carne suína, mas diminuído em relação à bovina.

Dados do Cepea mostram que, enquanto em maio a carcaça suína era negociada a 3,07 Reais/kg acima da carne de frango, nesta parcial de junho, a diferença ampliou-se para 3,14 Reais/kg, evidenciando, assim, o aumento da competitividade da proteína avícola frente à suína. Para a carne bovina, a diferença média passou de 9,33 Reais/kg em maio para 8,75 Reais/kg em junho, tornando a carne bovina mais atrativa ao consumidor.