No ‘Domingão’, Luciano Huck quebra protocolo e opina sobre ‘PL do Aborto’: “Cruel”

No último domingo (16), o apresentador Luciano Huck quebrou o protocolo do ‘Domingão com Huck’ e opinou sobre o Projeto de Lei 1904/2024. A proposta prevê que o aborto realizado após 22 semanas de gestação seja equiparado a um homicídio.

Revoltado com a situação, o funcionário da TV Globo fez questão de reforçar sua reprovação à PL, que pede 20 anos de reclusão àquelas que interromperem a gravidez nessas condições, mesmo em caso de estupro.

“Não é uma questão ideológica. É uma questão de lógica. Criança não é mãe. É muito cruel obrigar uma vítima de estupro levar até o final uma gravidez. Queria me colocar ao lado de todas essas mulheres que foram vítimas de estupro e não devem ser vítimas de uma injustiça”, disse ele.

O marido de Angélica ainda mandou um recado ao deputado Arthur Lira: “Eu queria convocar o deputado Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados. Nós respeitamos o parlamento brasileiro, foi eleito pelo povo brasileiro, todos os deputados. A gente respeita, mas não é lógico. É minha opinião pessoal. Eu acho isso mesmo”.

Vale lembrar que o Projeto de Lei é endossado por 32 deputados e está sob ‘urgência’ para votação na Câmara dos Deputados.

Daniela Beyruti perde a paciência com Luciano Huck

Na última quinta-feira (13), a empresária Daniela Beyruti perdeu a paciência e deu um ‘basta’ no apresentador Luciano Huck. É que começou a circular a notícia de que o ‘Domingão’ quer a participação do humorista Carlos Alberto de Nóbrega – filha de Silvio Santos não gostou nada disso.

“Ah, mas chega, né, minha gente! As homenagens aos nossos artistas serão feitas por nós com muita honra. Chega de surfar na nossa onda, Rede Globo e Sr. Luciano Huck”, disparou ela nos comentários da publicação do jornalista Flávio Ricco.