Christina Rocha revela o que causou o fim do ‘Casos de Família’: “Não podia”

Na última quarta-feira (12), a apresentadora Christina Rocha abriu o coração e revelou alguns dos motivos que levaram ao fim do ‘Casos de Família’. Além da desvalorização do seu trabalho, a comunicadora apontou a falta de investimento do SBT.

Durante o ‘Melhor da Tarde’, na Band, a ex-funcionária de Silvio Santos contou que, apesar da boa audiência, a atração precisava se virar com pouco. Inclusive, essa era uma reclamação constante dela.

“O que aconteceu com o ‘Casos de Família’ foi: a gente era pau para toda obra, fomos vice-líderes durante 12 anos, mas nunca teve investimento. Nenhum, de cenário, de nada. […] A gente não podia colocar uma música (diferente) que não tinha dinheiro. […] Isso eu falei até para a própria casa. A gente não tinha nada, éramos nós e o povão falando. Esse programa foi um sobrevivente”, disparou.

Após 14 anos, Christina Rocha deixou o ‘Casos de Família’ em março de 2023, quando foi ao ar o último programa. Apesar de não ter mágoas da emissora, ela confessou a chateação. “Acho que não fui valorizada no momento que tinha de ser”, completou.

Vale lembrar que, em março, a apresentadora ganhou o comando do ‘Tá Na Hora’ – quase dois meses depois, em maio, ela anunciou a saída do SBT. Por enquanto, a comunicadora ainda não engatou nenhum outro projeto.

Christina Rocha deixa o SBT

A apresentadora Christina Rocha encerrou o contrato com o SBT após 43 anos no canal. A própria emissora divulgou notícia, nesta quinta-feira (2), dizendo que ambas as partes tomaram a decisão.

De acordo com a nota emitida pelo SBT, a decisão foi tomada em comum acordo. Christina Rocha iniciou sua trajetória no SBT em 1981, contudo ficou mais conhecida quando apresentou o programa Casos de Família, de 2009 a 2022.