Polícia Militar desativa dois cassinos clandestinos em Campo Grande

A Polícia Militar intensificou o combate ao jogo ilegal em Campo Grande e, na noite de segunda-feira (3), desativou mais dois cassinos clandestinos que funcionavam na Avenida Tancredo Neves, no Aero Rancho.

A ação aconteceu em conjunto com a equipe do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e resultou na prisão de dois homens, além da apreensão de duas máquinas de apostas.

Com essa operação, já são quatro cassinos clandestinos desativados pela PM em Campo Grande na última semana. As ações visam coibir a prática de jogos de azar e garantir a segurança da população.

Os dois presos foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e responderão pelos crimes previstos no Art. 52 do Código Penal Brasileiro (Jogo de Azar).

Na semana passada, foram dois flagrantes. Na noite de segunda-feira (27), policiais da Força Tática da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar flagraram um cassino funcionando na calma Rua Luiz Dodero, no Jardim São Bento, em Campo Grande. No local, 14 equipamentos eletrônicos foram encontrados.

Detalhes das operações:

  • Primeiro flagrante:
    • Local: “Portinha” verde em meio aos comércios da Avenida Tancredo Neves.
    • Apreensão: Duas máquinas de apostas.
    • Prisão: Um homem.
    • Detalhes: O local funcionava há cerca de dois meses e oferecia apostas em mesas com cadeiras de plástico e ventiladores.
  • Segundo flagrante:
    • Local: Bar na Avenida Tancredo Neves.
    • Apreensão: Uma máquina de apostas.
    • Prisão: O dono do bar (nome não divulgado).

Leis relevantes:

  • Art. 52 do Código Penal Brasileiro: “Manter casa de jogo ou azar, com ou sem azar: Pena – Prisão de três meses a um ano e multa.”
  • Art. 165-D do Código de Trânsito Brasileiro: “Dirigir veículo com placas adulteradas, clonadas ou sem condições de leitura: Pena – Multa de R$ 5.172,93.”