Neymar toma atitude drástica contra Luana Piovani após baixaria na internet

Nesta sexta-feira (31), o jogador de futebol Neymar Jr. tomou uma atitude drástica contra a atriz Luana Piovani após protagonizarem um bate-boca na internet. O atleta resolveu levar o caso à Justiça após a artista acusá-lo de apoiar a privatização de praias.

De acordo com o F5, a equipe jurídica do craque já deu início aos procedimentos para entrar com uma ação judicial contra a ex-mulher do surfista Pedro Scooby. “O nosso cliente Neymar Jr. se pronunciou justamente para não dar voz e ouvidos a uma especulação desconexa, encerrando o assunto. Os devidos reparos, contudo, serão discutidos no palco e no momento adequado”, disse em nota.

Para quem está por fora: tudo começou na última quinta-feira (30), quando a loira fez críticas ao jogador de futebol por, supostamente, apoiar um projeto que tem como objetivo privatizar praias brasileiras. Além da acusação, ela chegou a colocar em cheque a responsabilidade paterna do atleta.

Revoltado com as afirmações, o craque foi às redes sociais e rebateu as críticas de Luana Piovani com xingamentos. Neymar Jr. não admitiu as suposições sobre sua responsabilidade com os filhos, Davi Lucca e Mavie, e não economizou a língua.

Defesa nega associação de Neymar à PEC

Neymar se revoltou com a atriz Luana Piovani na quinta-feira, 30, após a artista ter gravado críticas contra o atleta. Luana o chamou de “péssimo cidadão e pai”, em uma sequência de stories no Instagram ao abordar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de privatização das praias.

O nome de Neymar passou a ser associado à PEC após um acordo do jogador com a incorporadora Due, que pretende construir o ‘Caribe Brasileiro’ no Nordeste. Em contato com o Estadão, a assessoria do atleta reforçou a nota da incorporadora, que disse que o projeto não terá impacto com a PEC.