Cinco gatos são envenenados e caso é registrado na delegacia

Um idoso de 74 anos, morador da Vila do Prata em Maracaju, a 159 km de Campo Grande, denunciou à Polícia Civil o envenenamento de seus cinco gatos de estimação. Os animais morreram entre os dias 10 de fevereiro e 31 de maio deste ano.

O homem encontrou os gatos mortos em seu quintal ou dentro de casa. Ele acredita que os animais foram envenenados, pois apresentaram sintomas semelhantes. O idoso não desconfia de ninguém e afirma que não há câmeras de segurança em sua residência.

Este é o segundo caso de envenenamento de animais registrado em Maracaju em apenas 15 dias. No outro caso, seis cães morreram no Bairro Árvores do Cerrado entre os dias 10 e 15 de maio. Os animais também apresentaram sinais de envenenamento e seus donos informaram que não tinham acesso à rua.

O delegado Pedro Paiva, responsável pela investigação, afirmou que os sinais de morte dos cães indicam envenenamento sem dúvidas. A polícia ainda não tem pistas sobre os responsáveis pelos crimes.

A população de Maracaju está apreensiva com os casos e teme que outros animais sejam vítimas.