Prazo é adiado e entidades esportivas podem se inscrever em edital de R$ 7 milhões até 5 de junho

Entidades de práticas desportivas, associações, institutos, ONGs (Organizações Não Governamentais), clubes escolares e/ou clubes esportivos têm novo prazo para encaminhamento de propostas a edital de R$ 7 milhões de fomento ao esporte. As propostas podem ser enviadas até o dia 5 de junho.

A prorrogação com a nova data-limite foi publicada nesta quarta-feira (22) em edição extra do Diário Oficial do Estado (clique aqui para acessar).

O edital ‘Esporte e Transformação Social: Novas Conquistas em MS’ é uma ação do Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura) e Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul).

Ao todo, o edital vai contemplar entidades em sete categorias diferentes, sendo: esporte e transformação social, esporte de aventura, avaliação da saúde e desempenho de atletas, esporte de rendimento infantojuvenil, esporte de rendimento adulto, esporte de alto rendimento adulto e federações esportivas.

O diretor-presidente da Fundesporte, Paulo Ricardo Nuñez, ressalta que o novo prazo contribui para que mais instituições possam se cadastrar. “Queremos reforçar que o novo prazo visa proporcionar mais tempo para que todas as organizações possam preparar suas propostas com a devida atenção e qualidade”.

Alguns dos itens obrigatórios para a participação no edital são: ter sede em Mato Grosso do Sul, foro em Mato Grosso do Sul, ser uma organização sem fins lucrativos, ser uma pessoa jurídica registrada, finalidade esportiva, ter a contabilidade de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade, Estatuto Registrado, dentre outros.

A Fundesporte realizou diversas reuniões explicativas em todo o estado e ainda um encontro explicativo on-line, com informações de como participar e como escrever o projeto (clique para acessar).

As organizações interessadas podem enviar até duas propostas ao todo, sendo estas obrigatoriamente em categorias distintas. Já as federações esportivas poderão enviar apenas uma única proposta na sua referida categoria.

Os proponentes melhor pontuados receberão apoio financeiro conforme ordem de colocação do resultado definitivo, com previsão de execução do projeto no prazo de até 12 meses.

Pela primeira vez as propostas para os recursos podem ser feitas de forma totalmente online.

Bel Manvailer, Comunicação Fundesporte
Foto: Arquivo/Fundesporte