Indústria de MS abriu 620 novas vagas de emprego em março

Em março, o conjunto da atividade industrial foi responsável pela abertura de 620 postos formais de trabalho em Mato Grosso do Sul, resultado de 9.106 contratações e 8.486 demissões. Os dados fazem parte do levantamento do Radar Industrial da Fiems e informam também que, no acumulado de janeiro a março, a indústria abriu 4.094 vagas, resultantes de 27.705 contratações e 23.611 demissões. O segmento industrial alcança participação de 28% do total de vagas abertas no Estado no período indicado.

Os dados fazem parte do levantamento do Radar Industrial da Fiems (Foto: Divulgação)

Segundo o economista-chefe da Fiems, Ezequiel Resende, as atividades industriais que mais abriram vagas no mês de março foram: fabricação de álcool (+395), abate de suínos (+122) e abate de aves (+108).

Já as atividades industriais que mais abriram vagas no acumulado de janeiro a março foram:

  • Fabricação de álcool (+627)
  • Obras de infraestrutura (+610)
  • Instalações e serviços especializados de construção (+542)
  • Construção de edifícios (+392)
  • Abate de aves (+180)
  • Fabricação de açúcar (+150)
  • Extração de minério de ferro (+133)
  • Abate de bovinos (+129)
  • Curtimento e outras preparações de couro (+92)
  • Abate de suínos (+90)
  • Fabricação de artefatos têxteis para uso doméstico (+82)

“O conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou março de 2024 com o total de 159.920 trabalhadores empregados, indicando, até aqui, um aumento de 2,63% em relação ao fechamento do ano anterior, quando o contingente ficou em 155.826 funcionários”, destacou o economista-chefe da Fiems.

A atividade industrial responde por 24% de todo o emprego com carteira assinada (CLT) existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás do segmento de serviços, que emprega 262.352 trabalhadores e participação equivalente a 39%.

Municípios que mais contrataram

Em relação aos municípios, constata-se que em 49 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no período de janeiro a março de 2024, proporcionando a abertura de 4.500 vagas.

Entre as cidades com saldo positivo destacam-se:

  • Campo Grande (+1.291)
  • Nova Andradina (+401)
  • Dourados (+367)
  • Corumbá (+272)
  • Três Lagoas (+255)
  • Itaquiraí (+157)
  • Rio Brilhante (+134)
  • Paranaíba (+128)
  • Sidrolândia (+122)
  • Angélica (+114)
  • Fátima do Sul (+106)
  • Ponta Porã (+102)
  • Naviraí (+96)

Por outro lado, em outros 28 municípios as atividades industriais registraram saldo negativo, proporcionando o fechamento de 406 vagas. Entre as cidades com saldo negativo destacam-se: Chapadão do Sul (-77), Batayporã (-60), Caarapó (-32) e Inocência (-31).