Jucems cresce e registra quase mil empresas em março

A Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems) registrou a abertura de 984 novas empresas no mês de março. Desse total, 720 são do setor de Serviços, o que representa 73,17% do total. O Comércio teve acréscimo de 228 empresas e a Indústria, 36. No primeiro trimestre do ano foram criadas 2.834 empresas, sendo 2.002 do setor de Serviços, 721 do Comércio e 111 da Indústria.

A distribuição por subsetores da economia mostra que não há uma concentração em determinada atividade, mesmo no setor de Serviços que concentra a grande maioria dos registros. O subsetor de Serviços Combinados de Escritório e Apoio Administrativo teve o maior número de registros em março, 41 novas empresas, o que representou 4,17% do total.

Em seguida veio Transporte Rodoviário de Carga (36), Atividade Médica Ambulatorial (33), Promoção de Vendas (31) e Treinamento em Desenvolvimento Profissional e Gerencial (23). Esses cinco subsetores, somados, responderam por 16.67% do total de empresas criadas em março no Estado.

Há, também, uma grande concentração regional dos negócios, sendo que Campo Grande deteve 42,58% das novas empresas (419) abertas em março, enquanto Dourados, a maior cidade do interior do Estado, respondeu por 12,91% do total (127 empresas).

Essas duas cidades, portanto, concentraram mais de 55% dos registros de empresas no mês passado. Em terceiro lugar vem Três Lagoas (49), com 4,98% do total; Naviraí outras 36 (3,66%) e Ponta Porã, 30 empresas, o que perfaz 3,05% do total de empresas abertas em março.