Ex-namorada de jogador assassinado, é libertada após 8 meses presa

Rúbia Joice de Oliver Luvisetto, 21 anos, ex-namorada do jogador de futebol Hugo Vinicius Skulny Pedrosa, 19 anos, assassinado em junho de 2023, foi libertada na tarde de quinta-feira (4) após 8 meses presa. Rúbia estava presa desde 25 de junho de 2023 por participação no assassinato de Hugo Vinicius

Juiz Túlio Nader Chrysostomo entendeu que não há provas de que Rúbia premeditou o crime ou armou emboscada para a vítima.

Rúbia passou por audiência de instrução no dia 29 de março deste ano, na ocasião, ela confessou que presenciou o assassinato, mas não pediu socorro ou denunciou os culpados. A versão foi a mesma dita em depoimento na fase processual do caso. A jovem chegou a afirmar que se arrependeu da forma como agiu e que se tivesse procurado a polícia, ninguém estaria preso.

Além disso, a defesa esclareceu que a ré vai morar com a avó na cidade de Umuarama, no Paraná, onde não há nenhum risco de fuga para o Paraguai. O que, para o juiz, garante a ordem pública, já que ela não estará na cidade onde o crime aconteceu.

“Por todo o exposto, revogo a prisão preventiva de Rúbia, concedendo-lhe liberdade provisória cumulada com as seguintes medidas cautelares: estabelecer residência no endereço informado, recolhimento domiciliar noturno e aos fins de semana e feriados, comparecer em juízo e não manter contato com as testemunhas, família da vítima e demais corréus – com exceção da mãe e do padrasto”, finaliza o magistrado. A jovem deve ser solta nesta sexta-feira (5).