África do Sul abre mercado para pescado brasileiro

Para expandir mercados na União Africana, o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) recebeu a informação de que as autoridades sanitárias da África do Sul aprovaram certificado internacional para importação de pescados de cultivo e seus derivados do Brasil.

A expansão das exportações para mais um mercado internacional é fruto do trabalho conjunto entre o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

Em 2023, a África do Sul também abriu dois mercados para produtos do agronegócio brasileiro, sendo pet chews (alimentos mastigáveis para pets) e subprodutos de origem animal para alimentação de animais.

No fim do último mês, em conversa com jornalistas em Asis Abeba, na Etiópia, o presidente Lula destacou a importância histórica e econômica da relação do Brasil com o continente africano.

No ano passado, a África do Sul importou mais de US$ 558 milhões em produtos do agro do Brasil. Carnes, madeira, produtos florestais e o complexo sucroalcooleiro representaram 60% do total comercializado.