Carnaval das antigas encerra folia deste ano em Corumbá

Atraindo mais de 15 mil turistas do Estado e de outras regiões, como da Bolívia, Corumbá encerra hoje seu Carnaval de rua voltando ao passado das marchinhas, dos pierrôs, das serpentinas, do corso (desfile de carros antigos enfeitados), das pastorinhas e dos cordões fundados em meados do século 20.

A cidade mais carnavalesca do interior do País teve 12 dias de muita folia, com 42 eventos, entre os quais shows nacionais do circuito do samba.

O tão esperado desfile das 10 escolas de samba foi o momento mágico de um Carnaval que ressurgiu das suas raízes, influenciado pelos carnavalescos do Rio de Janeiro, depois da invasão de ritmos como axé e funk na década de 1990.

A evolução das escolas, com o financiamento do Estado e do município, sustentou a virada marcada pela visita do carnavalesco Joãosinho Trinta à cidade. “Não deixem o axé acabar com o Carnaval de vocês”, alertou.