Globo empobrece cobertura dos desfiles ao eliminar repórteres da transmissão

Uma das atrações da transmissão dos desfiles das escolas de samba na Globo era acompanhar o esforço dos repórteres para mostrar os bastidores, especialmente imprevistos na concentração e o clima de euforia na dispersão. Os relatos criavam expectativa e, às vezes, tinham emoção.

Isso se perdeu este ano. A emissora eliminou a presença de jornalistas experientes nos dois dias de evento no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. O mesmo deverá ocorrer na Marquês de Sapucaí, no Rio.

Ainda que carismático, o influenciador digital Victor diCastro falou apenas obviedades ao entrevistar pessoas nas arquibancadas. Faltou o olhar jornalístico de quem enxerga detalhes curiosos e está atento ao factual. O telespectador merece mais do que ver ironia contra o gringo que não sabe sambar.

Não é de hoje que grandes canais usam webcelebridades para tentar atrair a turma da internet que ignora a TV aberta. Por enquanto, essa transição de público não acontece com força.

Repórter da competição musical ‘The Masked Singer’, Kenya Sade se saiu melhor no contato com integrantes dos carros alegóricos. A atriz Dandara Mariana foi enviada à área vip e aos camarins. Desperdiçaram seu talento com participações apressadas, que parecem ter sido criadas apenas para promover o patrocinador.

No estúdio, Karine Alves entregou bom desempenho em sua estreia como âncora da transmissão ao lado do veterano Alex Escobar. A dupla não teve atritos no ar, mas ficou longe de uma química empolgante. O apresentador estava menos animado do que em anos anteriores.

Sempre um show à parte, o comentarista Milton Cunha também se mostrou acanhado. Esperava-se mais tiradas de humor. Afinal, sua veia cômica eleva o astral da transmissão. As explicações sobre os enredos e o funcionamento das alegorias foram valiosas.

Os também comentaristas Ailton Graça e Alemão do Cavaco cumpriram a função. Passava das 3h30 da madrugada de domingo quando Karine tentou injetar ânimo nos três colegas sentados. “Vocês estão cansados, é? Vamos lá”, disse. “Levanta aí pra falar com a gente”, pediu Escobar.

Herdando audiência relevante de ‘Renascer’ e do ‘BBB24’, o Carnaval Globeleza do segundo e último dia dos desfiles do grupo especial de SP variou entre 15 e 10 pontos até por volta de 1h da manhã.