Vai viajar? Cuidados no trânsito previnem acidentes para quem vai pular Carnaval fora de casa

Com quatro dias de festa, o Carnaval está entre as celebrações que cativam o povo brasileiro. Primeiro feriado prolongado após o início do ano, a data compreende o período ideal para descansar, se divertir e fazer as malas, aproveitando o tempo de folga com o pé na estrada.

Da tranquilidade à folia – que este ano recebe um investimento de R$2,3 milhões do Governo do Estado em Campo Grande e Corumbá – viajar é uma programação que agrada a todos os gostos. Seja na capital, no interior ou em estados vizinhos, o importante é prestigiar a gama de possibilidades, lugares e culturas que a festa tem a oferecer.

Em busca de novos ares para pular Carnaval, seja com amigos ou familiares, é essencial estar atento para que todos cheguem ao destino com segurança. Com a alta demanda característica do feriado, o fluxo de veículos nas estradas tende a ser maior, e impacta, consequentemente, o risco de acidentes de trânsito.

Capitão da Polícia Militar e assessor de comunicação do BPMRv (Batalhão de Polícia Militar Rodoviária), Kleber de Souza Oliveira destaca a responsabilidade do condutor na estrada. “Antes de pegar seu carro e viajar, todo motorista precisa ter consciência de que sua segurança e de todos os ocupantes do veículo depende das suas atitudes e da sua educação no trânsito”.

Entre as orientações para os viajantes em potencial, as medidas de proteção começam antes mesmo de sair de casa. O primeiro passo é conferir os equipamentos de segurança e as condições do veículo, como freios, faróis e pneus. Além disso, é importante planejar o trajeto com antecedência, incluindo paradas para descanso e alimentação no percurso.

Cuidados nas rodovias

Kleber de Souza Oliveira destaca que, para lidar com a alta demanda e promover segurança à população, a Polícia Militar Rodoviária planeja reforçar a fiscalização nas estradas durante o período, com a Operação Carnaval entre os dias 9 e 14 de fevereiro.

Além do policiamento, os cuidados para evitar acidentes na pista partem, primeiramente, do condutor. Para isso, respeitar as leis de trânsito e ter atitude paciente e responsável na direção do veículo, especialmente nas ultrapassagens, são comportamentos indispensáveis durante o trajeto.

Com as chuvas, o risco de acidentes é maior e, consequentemente, as medidas de segurança também aumentam. “Em caso de chuvas, os motoristas devem reduzir a velocidade, aumentar a distância de segurança dos demais veículos e, em caso de ter a visibilidade comprometida, procurar um local seguro fora da pista de rolamento para parar e esperar a chuva passar”.

Para mais informações ou em casos de emergências durante a viagem, entre em contato com a Polícia Rodoviária Estadual pelo telefone 198.

Heloisa Duim, Programa de Estágio Supervisionado
Fotos: Arquivo