SAD de Aquidauana atendeu mais de 400 pacientes em 2023

O atendimento de saúde humanizado não acontece apenas dentro das unidades de saúde, mas, em Aquidauana, a prefeitura tem uma equipe que vai de casa em casa, dos pacientes acamados, muito comprometidos e, também, em estágios terminais para prestar atendimento especializado, acolhimento e cuidado que faz a diferença para quem tanto precisa.

Essa é a missão do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), uma equipe completa, da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento, que trabalha de segunda a segunda, todos os dias da semana, feriados, das 7h às 19 horas, em regime de escala, e atende em domicílio por todo o município de Aquidauana, incluindo, zona urbana, rural, distritos, aldeias e fazendas.

O SAD de Aquidauana é composto por 14 profissionais, sendo: 2 motoristas, 3 técnicas em enfermagem, 1 enfermeira, 1 assistente social, 1 nutricionista, 1 psicóloga, 1 dentista, 2 fisioterapeutas e 2 médicos, tendo sua base localizada no prédio junto ao SAMU de Aquidauana.

Essa equipe encerrou o ano de 2023 ultrapassando 400 pacientes atendidos, que receberam o acompanhamento do SAD em casa. Eles atendem pacientes que sofrem com alguma dificuldade na movimentação (seja temporária ou permanente), tratamentos oncológicos paliativos ou em fase terminal, também podem receber esse atendimento.

Além disso, o SAD oferece orientação, treinamento e apoio aos cuidadores ou responsáveis pelo paciente, orientando como tratar e cuidar adequadamente durante o processo de reabilitação do paciente.

O SAD foi implantado no município de Aquidauana em março de 2017, na gestão do prefeito Odilon Ribeiro, iniciaram na época com uma média de 250 atendimentos e, com os investimentos da gestão na equipe, contratação de mais profissionais especializados e com perfil para atuar no SAD, a equipe conseguiu ampliar seus atendimentos, chegando, assim, a fechar 2023, passando de 400 pacientes acompanhados.

Os pacientes que o SAD atende são encaminhados pelas ESF’s, SAMU ou pelo Hospital Regional de Aquidauana, para receber o atendimento domiciliar. Esse serviço é alicerçado ao programa do Governo Federal, que tem como lema “Melhor em casa” e é subsidiado pela Prefeitura de Aquidauana, via SESAU.

Coordenado pela enfermeira assistencial, Ana Keli da Silva Benites, o SAD tem o propósito de desospitalização desde pacientes recém-nascidos a idosos de média e alta complexidade de tratamento intensivo, com visita domiciliar semanal de todos os seus profissionais. “Seja paciente pós-operatório, com medicação endovenosa, paciente oncológico, com doenças degenerativas, desidratado e desnutrido e ortopédico, pacientes com sonda para alimentação ou para necessidades fisiológicas, nossos profissionais estão ali dentro dos lares para prestar esse atendimento especializado, com carinho, respeito e cuidado”, completou Ana Keli.

Por fim, a coordenadora do SAD destacou: “nossa maior demanda é paciente oncológico e o mais complexo é o paciente em terminalidade, pois aí precisamos fazer o trabalho e, também, dar o suporte para a família que passa ou vier passar pelo luto.”

Na prática, conforme explica a equipe do SAD, o trabalho é sempre em conjunto. O hospital aciona o SAD, vamos até o paciente ainda internado e, posteriormente, até a residência para analisar se há estrutura, não havendo, acionam a Assistência Social e, logo depois, começam o acompanhamento de saúde do paciente.

Como também é feito o acompanhamento social do paciente, o prefeito Odilon Ribeiro determinou e autorizou à SESAU, para dar suporte ao SAD para que, sempre que o paciente precisar e, principalmente, se a família não tiver condições financeiras, o SAD atenda com os profissionais e supra as necessidades do paciente com uso de sonda de alimentação, fraldas descartáveis, medicação, suplementação alimentar e, até mesmo, organizem cama hospitalar, cadeiras de roda e de banho.

Tendo em média de 25 a 35 pacientes mês, a coordenadora Ana Keli explica que existe muita rotatividade e, ainda, que a demanda maior acontece geralmente no mês de janeiro, quando as ESF’s estão funcionando em regime de plantão. “Graças à estrutura e apoio que recebemos do prefeito Odilon e da SESAU, o SAD mantém seu funcionamento e vem cumprindo a missão de cuidar dos pacientes levando atendimento, carinho e atenção”, finalizou Ana Keli.

Fonte: AGECOM

Crédito: Imprensa Prefeitura de Aquidauana – MS.