Mulher denuncia Policial Civil por estupro em Campo Grande

Uma mulher, de 34 anos, denunciou um policial civil, de 37 anos, por estupro em Campo Grande. O caso foi registrado na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) e acompanhado pela Corregedoria da Polícia Civil, já que o suspeito faz parte da corporação.

Vítima foi até ao quartel do Corpo de Bombeiros da avenida Costa e Silva (Foto: CBMMS/Reprodução)

De acordo com a denúncia da mulher, ela e o suspeito namoravam há uma semana. No sábado (20), eles saíram juntos e, quando voltaram para a casa do policial, ele colocou a arma na cabeça da namorada e a estuprou.

Após o crime, a mulher conseguiu fugir e foi até um quartel do Corpo de Bombeiros, na avenida Costa e Silva, para pedir socorro. Os bombeiros atenderam a vítima e depois a levaram até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitário.

A mulher tinha lesões aparentes no rosto, marcas de mordidas no pescoço e arranhões nos braços. Após o atendimento médico, ela prestou queixa na Deam.

As delegadas da Deam pediram pela prisão preventiva do suspeito, que foi negada pela Justiça. Medidas cautelares foram aplicadas, como o distanciamento entre suspeito e vítima e a restrição do porte de arma.

O policial civil está afastado das funções enquanto o caso é investigado.