CDL estima 2,2 mil vagas temporárias no comércio neste fim de ano

O tradicional emprego temporário de fim de ano já iniciou e para este ano a estimativa é que o comércio ofereça 2,2 mil vagas temporárias em dezembro, maior do que no ano passado que a estimativa foi de 680 mil vagas.

Segundo a CDL-CG (Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande) o número é alto, mas o setor tem sofrido com a ausência de trabalhadores. “Muitas empresas com vagas abertas e sem candidatos. A pandemia gerou uma série de mudanças nos hábitos, atitudes e comportamentos” destacou o presidente da CDL-CG, Adelaido Vila.

De acordo com ele, algumas questões que podem estar colaborando com o cenário é o salário baixo e a dificuldade das mães voltarem ao mercado de trabalho.

Deurico/Capital News

Lojistas estão otimistas com a Semana do Consumidor

Estimativa é maior que 2022

“Alguns defendem a tese de que Ribas está empregando e pagando melhor, mas não acredito que este seja o único motivo. Muitas mães não voltaram para o mercado de trabalho após a pandemia, seja por não ter com quem deixar ou apego de seus filhos. O salário também vem afastando trabalhadores. Para quem paga é muito, para quem recebe é pouco”, explicou.

Em Campo Grande já estão sendo oferecidos diversos cursos de capacitação para vendas. Por outro lado também, recentemente, a CDL ministrou o treinamento “vendas assertivas” para potencializar as vendas e aumentar o faturamento.