Deputados aprovam aumento de salário de desembargadores e criam 173 cargos no TJMS

Os deputados da AL-MS (Assembleia Legislativa de MS), aprovaram nesta quinta-feira (7), PLs (Projetos de Leis), que atendem diretamente ao TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), com mais cargos e salários. Um dos PLs, reajusta, de maneira escalonada, o salário dos magistrados, que passará dos R$ 40 mil mensais, fora verbas extras.

Conforme texto o PLs, atualmente, um desembargador recebe o salário de R$ 37,5 mil. Com o reajuste, chegará a R$ 39,7 mil a partir de fevereiro de 2024 e chegará a R$ 41.845,49 em fevereiro de 2025.

Segundo o Tribunal de Justiça, o escalonamento acontece paralelamente à lei federal. O reajuste dos desembargadores correspondem a 90,25% do que ganha um ministro do Supremo Tribunal Federal.

Cargos

Os deputados também aprovaram um projeto de lei que cria 173 novos  cargos na  estrutura funcional do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.

Serão 15 novos cargos em comissão de assessor de desembargador, um de assessor jurídico-administrativo, um de assessor administrativo, seis de assessor jurídico de juiz e 150 de analista judiciário.