Em MS, 313 escolas estaduais irão eleger novos diretores nesta semana

Nesta semana, 313 escolas estaduais em Mato Grosso do Sul vão eleger seus novos diretores, que terão um mandato de quarto anos. Ao todo, são 769 candidatos, entre inscritos individuais (158) e chapas concorrentes (344), distribuídos nos 79 municípios do estado. A votação será na quinta-feira (30), das 8h às 21h.

A campanha eleitoral, iniciada em 23 de novembro, seguirá até quarta-feira (29), período em que candidatos e chapas terão a oportunidade de apresentar suas propostas à comunidade escolar.

Na Capital, das 62 escolas estaduais, 20 irão passar por disputa eleitoral entre duas ou mais chapas. As escolas estaduais Profª Élia França Cardoso e Blanche dos Santos Pereira terão quatro chapas em disputa. Já a Escola Estadual Manoel Bonifácio Nunes da Cunha terá três chapas.

Em 17 escolas estaduais de Campo Grande, a disputa eleitoral será entre duas chapas, nas seguinte instituições: EE Dr. Arthur de Vasconcellos Dias; EE Elvira Mathias de Oliveira; EE João Carlos Flores; EE José Antônio Pereira; EE José Ferreira Barbosa; EE Lino Villacha; EE Luisa Vidal Borges Daniel; EE Prof. Emygdio Campos Widal; EE Prof. Henrique Ciryllo Corrêa; EE Profª Alice Nunes Zampieri; EE Profª Delmira Ramos dos Santos; EE Profª Joelina de Almeida Xavier; EE Profª Maria Rita de Cássia Pontes Teixeira; EE Profª Thereza Noronha de Carvalho; EE Teotônio Vilela; EE Vespasiano Martins; e EE Orcírio Thiago de Oliveira.

Campanha – Durante o período da campanha, os candidatos têm permissão para utilizar diferentes meios de divulgação, incluindo a confecção e distribuição de panfletos, afixação de banners e cartazes na escola, uso das redes sociais e mídia tradicional, além de interação com alunos e pais, desde que respeitando as regras estabelecidas pela Comissão Escolar Eleitoral.

No entanto, é importante ressaltar que qualquer descumprimento do prazo estipulado ou das regras para a campanha poderá resultar em denúncias, analisadas pela Comissão Escolar, podendo levar à nulidade da inscrição e à retirada do candidato ou chapa do processo eleitoral.

No dia 27 de novembro de 2023, a Comissão Escolar promoverá uma assembleia geral, reunindo os candidatos a diretores para apresentarem suas propostas à comunidade escolar. As escolas terão diferentes horários de assembleias, considerando sua organização e a participação dos alunos, pais e comunidade em geral.

Votação – A votação está programada para começar às 8h do dia 30 de novembro e seguir até às 21h. Durante esse período, as aulas continuarão normalmente, com a Comissão Escolar garantindo a ordem e a organização do processo eleitoral. Pais, responsáveis, alunos, professores, coordenadores e administrativos poderão participar da votação.

Após o encerramento da votação, as urnas serão abertas na presença dos candidatos e fiscais, os votos serão contados, e os resultados serão inseridos no SAE (Sistema de Apuração de Eleições). O sistema calculará automaticamente a proporcionalidade para determinar o resultado final.

É importante destacar que o processo eleitoral para diretores ocorre em 90% das escolas da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul. São dispensadas da realização das eleições as unidades confessionais; as que ofertam, exclusivamente, educação para as pessoas privadas de liberdade; escolas cívico-militares; indígenas e o Centro Estadual de Formação de Professores Indígenas; centros de educação infantil; centros estaduais de educação de jovens e adultos; e os Centros de Formação de Docentes; e Centro de Apoio Educacional da SED (Secretaria Estadual de Educação).

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS