Dia dos namorados deve injetar R$ 123 milhões em Campo Grande

Dados da Pesquisa Sazonal de Intenção de Compras do IPF-MS (Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS) e do Sebrae MS apontam que a data comemorativa do Dia dos Namorados deve injetar R$ 123.393.307,00 na economia de Campo Grande, com compras em presentes e em comemorações dos casais. Valor é 59% maior do que no ano passado.

“Mais uma data importante para o varejo e as expectativas são as melhores. São mais de R$ 123 milhões que devem movimentar a economia fortalecendo toda uma cadeia. Quem vai presentear o amado ou a amada compre no comércio local, compre do pequeno empreendedor, compre no seu bairro, no Centro de Campo Grande”, diz o secretário municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, Adelaido Vila.

Uma excelente notícia é que 68,26% dos consumidores pretendem pagar à vista pelos presentes e pelas comemorações. Outros 30,65% vão utilizar algum tipo de parcelamento (cartão ou boleto).

Roupas (29,31%), perfumes e cosméticos (25,54%), calçados (14,99%), flores (14,74%), joias (8,12%) e bolsas e acessórios (7,45%) estão na lista de presentes.

Pamella Benites, publicitária, disse que já se planejou para comemorar a data. “Estou planejando comprar algo que ele quer, que sei que vai agradar. Só não decidi ainda o quê. Além disso, vou preparar uma surpresa com um jantar especial”, relata.

O gasto médio previsto para a compra de presentes é de R$ 200,75, já para comemorar a data deverá ser investido R$ 191,74.

A Pesquisa tem uma margem de confiança de 5% a 7%. Foram ouvidos 1.981 consumidores entre os dias 21 de abril e 27 de abril nos municípios de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Coxim, Bonito e Corumbá/Ladário e Três Lagoas.