Em casa ou na churrascaria: Procon divulga pesquisa sobre valores para celebrar o Dia das Mães

Nem sempre há consenso em relação ao presente, mas todos concordam que no seu dia, elas merecem uma folga da cozinha. Para orientar o consumidor e celebrar o Dia das Mães, neste domingo (14), pesquisa do Procon-MS (Secretaria Executiva de Orientação e Defesa do Consumidor) estimou valores sobre optar por um churrasco em casa ou a ida até uma churrascaria de Campo Grande. No primeiro caso, ao menos um dos itens tem variação de 100,06% no preço, enquanto nos rodízios de carnes ela pode chegar a 71,99%. Os dados foram coletados entre os dias 2 e 9 de maio.
Ao optar por comemorar em casa, os técnicos da secretaria vinculada a Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos) avaliaram itens como cortes de frango, carne bovina, linguiça toscana, carvão vegetal, mandioca congelada e pão de alho. Preços de sete supermercados e cinco casas de carne compõe a pesquisa. Variações mais expressivas estão no quilo da linguiça (100,06%), picanha (89%) e tulipa de frango (88,1%).
No Ponto da Carne, no Bairro Vila Cruzeiro, o quilo da linguiça toscana é comercializado a R$ 32,90, enquanto ele custa R$ 16,49 no Supermercado Compre Bem, no Vila América.
O quilo da picanha na Casa de Carne Big Beef, no Santa Fé, chega a R$ 99,98, ante os R$ 52,90 no Supermercado Duarte, na Vila Moreninha II. Já a tulipa de frango vale R$ 39,50 na Casa de Carne Mão de Vaca, no Centro, e R$ 21 no Assaí Atacadista, na Mata do Jacinto.
Quanto a capa de contrafilé, com a menor variação entre as carnes (49,74%), o quilo do corte está em R$ 39,98 na Casa de Carne Big Beef e R$ 26,70 no Assaí Atacadista.
Na churrascaria
Para quem opta pela churrascaria, os preços apresentam variação de 71,99%. O maior deles, de R$ 109,90, está no rodízio da Manura Churrascaria, localizada no Centro, e no Nativas Grill, na Chácara Cachoeira. Já o rodízio mais econômico, de R$ 63,90, está no Galpão da Costela, no Santa Fé.
Os dados consideram a avaliação de 12 estabelecimentos, entre os dias 2 e 9 de maio, na Capital. Três dos restaurantes pesquisados não possuem rodízio e informaram estar fechados no domingo. São eles o Vermelho Grill no Chácara Cachoeira, Gaúcho Gastão In Quilo no Parque dos Poderes e o Boi na Brasa, no Tijuca.
Mais detalhes da pesquisa podem ser consultados aqui (almoço em casa ou no restaurante).
Kleber Clajus, Procon MS 
Foto: Bruno Henrique