Bêbado, pai não suporta ouvir choro de criança e quebra o nariz da filha na Capital

Uma adolescente de 16 anos teve o nariz quebrado pelo próprio pai, em Campo Grande, após uma discussão familiar entre a noite de ontem (29) e a madrugada desta segunda-feira (30). O caso foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e está sendo investigado.

De acordo com as informações, a filha e a mãe, de 44 anos, procuraram a delegacia para denunciar o homem, de 51 anos, por violência doméstica e lesão corporal, além de ameaça.

A mulher relatou que é casada com o sujeito há cerca de 40 anos, com quem tem quatro filhos, sendo duas adolescentes de 16 e 17 anos e duas crianças, de seis anos e o caçula de apenas quatro meses.

Durante a madrugada, o filho de seis anos começou a chorar e isso irritou o homem, que estava bêbado. Ele mandou a esposa fazer a criança ficar em silêncio, o que gerou uma discussão entre o casal.

O homem comeou a bater na esposa, em seguida, a filha de 16 anos entrou na frente e também apanhou do pai, que chegou a acertar um soco no seu nariz. Devido a força, ela precisou ser internada na Santa Casa e aguarda por uma cirurgia.

Ainda na briga, a mulher disse que a filha mais velha foi agredida na boca. Quando as coisas acalmaram, a mulher e os filhos decidiram sair de casa e pedir ajuda na Casa da Mulher Brasileira, onde fica a sede da DEAM.

Conforme o registro, após a separação, o homem passou a fazer ameaças contra a esposa através de mensagens de texto e aúdios enviados pelo Whatsapp.

A vítima também detalhou que já havia feito um boletim de ocorrência contra o companheiro anteriormente, apesar disso, continuava morando com ele por conta de sua situação financeira e dos filhos pequenos.