Polícia Civil indicia responsável pela morte de dois cachorros por envenenamento em Bonito

A Polícia Civil indiciou nesta terça-feira, 17/01, o responsável pela morte de dois cachorros ocorrida no final do ano passado. As investigações foram coordenadas pela Delegacia de Bonito-MS.

Segundo o apurado no inquérito policial, no dia 31/12/2022, por volta das 5h, em uma residência localizada na Rua Coronel Nelson Felício dos Santos, no centro da cidade de Bonito-MS, o autor, E.C.D.A., de 53 anos, lançou aos cachorros de sua vizinha, salsichas com veneno de rato. Horas depois, dois cães foram à óbito.

Realizou-se exame necroscópico nos corpos dos cachorros, tendo a Perícia Criminal constatado sinais de envenenamento nos intestinos dos animais. Diante desta informação, uma equipe da Seção de Investigações Gerais (SIG), da delegacia de Bonito, iniciou diligências e conseguiu identificar o infrator.

O autor foi identificado na semana passada e, em entrevista informal, confessou o crime e entregou para os investigadores o pacote de veneno utilizado no delito, o qual foi apreendido na delegacia de polícia. Diante disso, na data de ontem, ele foi formalmente indiciado, porém, durante o interrogatório preferiu permanecer em silêncio.

O autor irá responder pelo crime previsto no art. 32, parágrafos 1º-A e 2º, da Lei nº 9.605/98 (Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos). O delito prevê uma pena de reclusão, de 2 a 5 anos, multa e proibição da guarda, devendo a reprimenda ser aumentada no caso de 1/6 a um 1/3, em razão da morte dos animais.