Lista dos artistas selecionados para apresentação no XVI Festival América do Sul Pantanal

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), divulgou nesta segunda-feira (25.abr.22) a lista dos nomes dos artistas selecionados para apresentar-se nos palcos do XVI Festival América do Sul Pantanal (16º FASP), que acontece na cidade de Corumbá (MS) entre os dias 26 e 29 de maio de 2022. Eis a íntegra:

Segundo a publicação, foram escolhidos três atrações musicais para o Palco Integração, duas atrações musicais para o Palco do Moinho Cultural, cinco atrações musicais para o Circuito Comunidade e quatro atrações musicais para o Palco Rio Paraguai. (veja os nomes, por categoria, abaixo).

A FCMS disse que na categoria ‘música’ se inscreveram 177 propostas, das quais, 24 foram desclassificadas, 14 selecionados e 14 ficaram como suplentes.

Foram selecionadas as seguintes propostas e suplentes:

CATEGORIA PALCO INTEGRAÇÃO:

Titulares –

Suplente – 4º lugar: Grupo Acaba, 5º lugar: Dovalle, 6º lugar: Marcos Assunção.

CATEGORIA PALCO DO MOINHO CULTURAL:

Titulares –

  • 1º lugar: Urben;
  • 2º lugar: Adilson Big.

Suplente – 3º lugar: Gustavo Vilarinho e Lucas Rosa, 4º lugar Laís Fujyama.

CATEGORIA CIRCUITO COMUNIDADE:

Titulares –

  • 1º lugar: SoulRa;
  • 2º lugar: Lulu Mello;
  • 3º lugar: Rockers Sound System;
  • 4º lugar: Alex Silveira;
  • 5º lugar: Maringá Borgert.

Suplentes – 6º lugar: Jool Azul, 7º lugar: Raphael Vittal, 8º lugar: Misbehavior, 9º lugar: CPS, 10º lugar: MC Anarandá.

CATEGORIA PALCO RIO PARAGUAI:

Titulares – 1º lugar: Beget Lucena;

  • 2º lugar: Muchileiros;
  • 3º lugar: Jackeline Sanfoneira;
  • 4º lugar: RCR.

Suplentes: 5º lugar: Paulo Arguelo, 6º lugar: Murilo Martinez, 7º lugar: Brow MC’s, 8º lugar: Gilson Espíndola.

VEJA TAMBÉM – Capital de MS ganhará um ‘Bosque das Araras’ na semana do Meio Ambiente

Foram selecionados para serem exibidos no mesmo festival, cinco filmes de curta-metragem e 4 filmes de média ou longa metragem para participação. Conforme a FCMS, foram em sua totalidade 60 (sessenta) propostas inscritas, das quais 27 foram desclassificadas, 09 selecionados e 24 suplentes.

Foram selecionadas as seguintes propostas e suplentes:

CURTA METRAGEM:

Titulares –

  • 1º lugar: Fujona (Luciene Luzia Bigattão);
  • 2º lugar: Arte e Resistência (Cleverson de Oliveira Rojas);
  •  3º lugar: O Kunumi e o Curupira (Tatiana Varela Besteiro);
  • 4º lugar: Cinzas do Pantanal (Mariana Marques Barbosa);
  • 5º lugar: @ana (Pedro Henrique Melo).

Suplentes: 6º lugar: Mihe’aka Voxené: Simoné Veyopé Ûti (Abre Caminho: Nossas Câmeras Chegaram (Raylson Chaves Costa); 7º lugar: Flores de Bálsamo (Karen dos Santos Mara); 8º lugar: Dimitri (Gustavo Santana dos Santos); 9º lugar: Babydoll (Adriano Paes dos Santos); 10º lugar: Restless (Fernanda Calixto); 11º lugar: Retrato do artista enquanto coisa (Filipi Diniz Silveira); 12º lugar: Entre palcos e calçadas transformando uma sociedade (Emy Mateus Santos); 13º lugar: Original de Rua (Elio Angelo da Costa); 14º lugar: Arrastro (Carlos Eduardo Modesto Fluhr); 15º lugar: Las Promesseiras (Mara Lucia Silvestre); 16º lugar: Cativo (Thales Albano Pimenta); 17º lugar: Tortuosa (Isadora Tiemi Coelho Issagawa); 18º lugar: Invocação (Kimberly Weiss Calves); 19º lugar: Ventrilouco (Carolina Brandão Simurro); 20º lugar: Uma gatinha branca (Aline Silva Vireira); 21º lugar: Pyru’ã – A flor do centro da terra (Denise Lopes leal); 22º lugar: Arte para Quem? (Wilson Viana de Almeida) e 23º lugar: Caminhos (Maria Angélica Chiang).

MÉDIA E LONGA METRAGEM:

Titulares –

  • 1º lugar: Copa 181 (Danon Adão Ferreira Lacerda);
  • 2º lugar: Campo Grande das Araras (Rosiney Isabel Bigatão);
  • 3º lugar: Louvação Xangô (Thayná Cambará Beraldo)
  • 4º lugar: mmp mínimo movimento possível (Reginaldo Borges Soares).

Suplentes: 5º lugar: Com a palavra o Poeta (Fabricio Stefanie Borges); 6º lugar: Sidrolândia, memórias (Janderson da Silva Gomes); 7º lugar: Entre Parágrafos e Terra Vermelha: A Leitura no Mato Grosso do Sul (Hemilly Rayanne Correa da Silva); 8º lugar: Porto Murtinho, histórias que precisam ser contadas (Edoart Neumann); 9º lugar: Pedro Juan – O Filme (Davi da Rocha Lima) e 10º lugar: Mudança (Helton Pérez Marques).

TEATRO, CIRCO E DANÇA

Nas áreas de teatro, circo e dança a Comissão do Festival América do Sul selecionou as seguintes propostas:

TEATRO:

Ficaram suplentes: 4º lugar: “Esparrela” – Grupo Teatral Palco Sociedade Dramática; 5º lugar: “Enquanto eu puder” – Carmem Lúcia Dias de Andrade Santos e 6º lugar: “O sapo encantado e outras histórias” – Grupo Teatral Unicórnio.

CIRCO:

  • 1º lugar: “O grandioso Mini Cirquim nas Arábias” – Circo do Mato Grupo de Artes Cênicas;
  • 2º lugar: “Tradicional Pocket Show” – Circo Le Chapeau;
  • 3º lugar: “Bebê a bordo” – Anderson Lima.

Ficando como suplentes: 4º lugar: “A Borboleta Mais Velha do Mundo” – Teatro Grupo Casa; 5º lugar: “Grand Finalle” – Pisando Alto e 6º “Delírios de Nito e outros devaneios” – Renderson Valentim Correia.

DANÇA:

  • 1º lugar: “Silêncio Branco“ da Ginga Cia. de Dança;
  • 2º lugar: “Deriva” – Plataforme-se de Jackeline Mourão e Ralfer Campagna;
  • 3º lugar: ”Delírios – traços dançantes em Lídia Baís” de Társila Bonelli.

Ficando como suplentes: 4º lugar: “… minhas pinceladas dançam“ do Funk-se; 5º lugar: “Tempos idos” da Associação Cultural Cia do Mato; 6º lugar: “Procedimento#6” – Jackeline Mourão Nunes.

O FESTIVAL 

Os artistas puderam submeter suas propostas até o dia 10 de abril. O edital na íntegra, foi publicado em 25 de fevereiro de 2022.

De acordo com o edital, o FASP tem por objetivo produzir ações que contribuam para a integração entre os países sul-americanos promovendo encontros que valorizem a diversidade cultural do continente, a criação e fruição de riquezas, o intercâmbio, a revelação de experiências e debates de temas relativos à cultura, à cidadania, ao meio ambiente e ao desenvolvimento sustentável.

Para participar, o artista (grupo) deveria comprovar atividade mínima de 2 anos. O cachê para as apresentações de circo, teatro e dança: R$ 7 mil. Para a música, o cachê oferecido foi de 12 mil para o Palco da Integração; R$ 4 mil para o palco Circuito Comunidade; R$ 4 mil para as apresentações no Palco Moinho Cultural e R$ 7 mil para o Palco Rio Paraguai. Já para os produtos audiovisuais selecionados, seria pago R$ 2,5 mil para curta metragem e R$ 3,5 mil para média ou longa metragem.

PRAZO 

Os selecionados terão de 05 de maio a 11 de maio para entregar os documentos à FCMS para a contratação.

Para quem foi selecionado fora de Corumbá, ficará sob a responsabilidade da FCMS o transporte no trecho Campo Grande/Corumbá/Campo Grande do artista/grupo/coletivo, assim como da equipe técnica que constar na ficha de inscrição, assim como pela hospedagem e alimentação em Corumbá, e pelo transporte até o local da apresentação no XVI FASP e designar equipe de produção para acompanhamento de todas as apresentações a serem realizadas.

Quaisquer esclarecimentos e informações complementares sobre este Edital poderão ser obtidas pelos telefones (67) 3316-9110, 3316-9171,3316-9169 e 3316-9173, das 7h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min.