Conselho de Enfermagem repudia Bruna Marquezine por usar fantasia: ‘incentiva a sexualização’

Para a festa de halloween, a atriz Bruna Marquezine se fantasiou de enfermeira e publicou fotos sexys sensualizando com os trajes. A atitude provocou o repúdio do Coren (Conselho Regional de Enfermagem) de São Paulo, que divulgou uma nota, nesta terça-feira (2), fazendo severas críticas à artista. Em seguida, Bruna apagou as imagens.

“Fantasias de enfermeira desvalorizam o profissionalismo da enfermagem. A enfermagem é uma profissão, e não uma fantasia”, disse o Coren “É inadmissível que a fantasia de enfermeira, utilizada em carnavais, festas de halloween e sátiras continue sendo tolerada pela sociedade, sobretudo por formadores de opinião”, completou a nota.

A declaração de repúdio foi clara e direta. “Repudiamos veementemente essa conduta, pois ela incentiva a sexualização de uma categoria que há décadas luta por valorização e respeito. São trabalhadoras que enfrentam sucessivas jornadas de trabalho, em seus lares e no cotidiano profissional e que não merecem ou devem ser estereotipadas dessa forma”, diz o pronunciamento.

Por fim, o Coren fez um apelo à sociedade e aos formadores de opinião: “respeitem e valorizem as mulheres da enfermagem”.