PUBLICIDADE
Agronegocio
Noticia de: 14 de Abril de 2018 - 20:03
Mamães de Aquidauana tem oficina gratuita de Shantala para os bebês no posto de saúde



 
 

Mamães de Aquidauana tem oficina gratuita de Shantala para os bebês no posto de saúde

 
 



Imagine seu bebê mais calmo, com menos cólica e um soninho tranquilo. É o desejo de toda mamãe! Pensando em ajudar as mães no cuidado e na melhoria da qualidade de vida dos bebês, que a Prefeitura de Aquidauana traz oficinas gratuitas de shatanla no posto de saúde.

A shantala é uma das práticas da medicina indiana e é um conjunto de técnicas de massagem no bebê. Estudos mostram que o método terapêutico pode trazer benefícios respiratórios, digestivos, imunológicos, relaxantes e analgésicos.

As oficinas gratuitas de Shantala começaram a ser ofertadas em Aquidauana por conta da adesão do município às Práticas Integrativas e Complementares adotadas pelo Ministério da Saúde no ano passado.  

Assim, o prefeito Odilon Ribeiro solicitou que a rede municipal de saúde em Aquidauana adotasse as práticas, capacitando os profissionais e colocando os atendimentos à disposição dos aquidauanenses, à exemplo da auriculoterapia, que também é ofertado no município.

As mamães aquidauanenses interessadas em se inscrever para as oficinas de shantala, devem procurar o posto de saúde do seu bairro e fazer a inscrição. No dia da oficina de shantala a mãe deve estar com o seu bebê, pois as aulas são práticas e ministradas pelas fisioterapeutas Dayane Karine J. Farias e Caroline Har S. Ávila.

A Secretaria Municipal de Saúde por meio do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) é responsável pela coordenação e realização da shantala na rede em Aquidauana. As oficinas acontecem na ESF da Vila Trindade, nas quartas-feiras a cada 15 dias. A próxima oficina será no dia 18 de abril, às 14 horas. Cada mamãe se inscreve e participará de seis oficinas para aprender as técnicas. 






No posto de saúde, para as aulas as mamães e os bebês contam com um ambiente preparado para as sessões de massagem, um local limpo, com temperatura agradável, tranquilo, com colchonetes para evitar o contato do bebê com o piso frio. 

A massagem é feita com o bebê sem roupa para que todo o seu corpinho possa ser tocado pela mamãe, que aquece suas mãos com óleo vegetal (passiflora, camomila, calêndula, semente de uva). As fisioterapeutas do NASF alertam que os óleos minerais não são indicados para a shantala pois a pele do bebê é sensível e pode causar alergia ou irritação.

Como explica a fisioterapeuta Dayane Farias, do NASF de Aquidauana, a Shantala para o bebê promove mais a sensação de bem-estar, de segurança, faz ele se sentir mais amado e consciente do seu corpo. “A shantala ajuda inclusive a fortalecer o vínculo da criança com a mãe ou pai, é uma massagem em que há troca de energia e manifestação de amor. Tudo pelo bem do bebê”, completou.

Até o momento, a prática foi implantada apenas na ESF da Vila Trindade, onde todas as mamães aquidauanenses interessadas e inscritas, independente de qual bairro for ou do seu posto de saúde, podem participar.  Caso haja demanda espontânea suficiente nos outros ESF’s, pode ser possível que o NASF expanda as oficinas para as outras unidades de saúde.
 
A shantala pode ser aplicada nos bebês a partir do primeiro mês de vida. Os toques, que abrangem todo o corpo do bebê, trabalham as regiões do corpo: peito, barriga, costas, pernas, braços e rosto. A criança fica mais tranquila e menos chorosa e dá menos trabalho na troca de fraldas e durante as refeições. 

Dentre os benefícios da shantala, pode-se citar, a massagem no peito melhora a respiração porque expande a caixa torácica. Os movimentos na barriga auxiliam o funcionamento do intestino e do estômago. A própria posição em que o bebê fica, de costas, estimula a coluna vertebral, e a movimentação de braços, mãos, pernas e pés facilita o desenvolvimento da musculatura e o aprendizado de abrir e fechar, pegar e soltar.

A História – No ocidente a shantala foi difundida graças ao médico obstetra francês Frédérick Leboyer, que em uma de suas viagens à Índia conheceu Shantala, uma senhora que era mãe e era atendida com seus dois filhos em uma Instituição de Caridade em meio a uma favela de Calcutá. Shantala era paralítica e massageava seu filho Gopal sentada no chão. 
Absolutamente encantado, Leboyer pediu para fotografá-la e aprender as técnicas da massagem, publicando um livro e anos depois um vídeo onde apresenta a arte da massagem indiana ao ocidente, ficando conhecida pelo nome de “Shantala”.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
23/04/2018 - 11:41  Saúde de Aquidauana realiza esta semana atividades da campanha de prevenção à hipertensão
23/04/2018 - 08:49  Jovem é preso pela Polícia Militar por tráfico de drogas na área central da cidade
23/04/2018 - 08:41  Foragido e preso logo apos furtar mercado em Dourados
22/04/2018 - 22:17  Mato Grosso do Sul inicia campanha contra a aftosa no dia 1° de maio
22/04/2018 - 22:12  Caixa Econômica anuncia redução de juros para a casa própria
22/04/2018 - 22:06  Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza começa nesta segunda-feira
22/04/2018 - 19:47  Homem com moto adulterada é detido pela PM
22/04/2018 - 19:30  Homem é encontrado boiando nas águas do Rio Aquidauana
22/04/2018 - 19:12  PMA autua em R$ 2,5 mil cinco pescadores por pesca ilegal no rio Verde
22/04/2018 - 19:08  Patrulha Rural prende autores de tráfico de drogas na área rural de Brasilândia
22/04/2018 - 19:05  PMA de Aquidauana autua empresa em R$ 20 mil por derramamento de diesel à margem da BR 262
22/04/2018 - 19:00  Lagoa Comprida terá a primeira escola de Canoagem de Aquidauana
22/04/2018 - 10:31  Polícia Militar apreende 1,2 toneladas de maconha em Caarapó
21/04/2018 - 17:44  ATENÇÃO documentos perdidos
21/04/2018 - 12:09  Domingo tem Estadual de Velocross no Balneário Riacho Doce em Terenos
21/04/2018 - 12:07  Governo inicia implantação de sistema para integrar almoxarifados
21/04/2018 - 12:03  PMA autua em R$ 5,2 mil três pescadores presos pela Polícia Civil por pesca predatória
21/04/2018 - 12:01  Saúde de Aquidauana organiza capacitações para trabalho de prevenção ao suicídio
20/04/2018 - 14:04  Cultivo de maracujá doce pode gerar mais renda dentro da agricultura familiar
20/04/2018 - 14:00  Novas alterações no CTB tornam mais rigorosas as penas para quem dirigir embriagado
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE