9 maio, 2021

Última reunião do Colégio de Procuradores de Justiça de 2020

O Colendo Colégio de Procuradores de Justiça realizou, nesta quinta-feira (17/12), a última Reunião Ordinária de 2020. Presidida pelo Procurador-Geral de Justiça, Alexandre Magno Benites de Lacerda, a reunião contou com a participação presencial e on-line da maioria dos membros.

Vários Procuradores de Justiça usaram a palavra para agradecer e parabenizar a atuação do Procurador-Geral de Justiça durante este primeiro ano de sua gestão, que foi marcada por grandes desafios, como a pandemia da covid-19 e as tentativas de enfraquecimento do Ministério Público brasileiro, diante de vários temas de interesse social que impactam o desenvolvimento democrático do País.

Na ocasião, os Procuradores de Justiça enalteceram também o trabalho e a dedicação do Presidente da Associação Sul-Mato-Grossense dos Membros do Ministério Público (ASMMP), Promotor de Justiça Romão Avila Milhan Junior, em atuar, no cenário nacional, na defesa constante dos interesses da classe, bem como do ordenamento da Instituição em Mato Grosso do Sul.

Na pauta da última reunião, a Corregedoria-Geral do MPMS, por meio do Corregedor-Geral, Procurador de Justiça Silvio Cesar Maluf, apresentou o Relatório Circunstanciado das Correições Ordinárias realizadas nas Promotorias de Justiça de Três Lagoas, Brasilândia, Nioaque, Jardim e Bonito.

Por fim, foi apresentado pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplange) da Instituição, por meio do Procurador-Geral Adjunto de Justiça de Gestão e Planejamento Institucional, Paulo Cezar dos Passos, e do Chefe de Gabinete do PGJ e Supervisor de Planejamento e Gestão Estratégica, Promotor de Justiça Paulo Roberto Gonçalves Ishikawa, o Plano Geral de Atuação de 2021, que foi aprovado, por unanimidade, pelo Colégio de Procuradores de Justiça.

Encerrando os trabalhos, o Procurador-Geral de Justiça agradeceu o apoio do Colégio de Procuradores nesses primeiros sete meses de gestão à frente do Ministério Público Estadual, e relembrou a atuação dos Promotores de Justiça neste ano marcado por inúmeros desafios para a Instituição, mas que foram vencidos um a um graças à unicidade e ao fortalecimento dos membros e servidores que compõem o Parquet.

Texto e fotos: Ana Carolina Vasques/Jornalista-Assecom